Aceita Onde Estás, Chega Onde Queres

Hoje venho-te falar de aceitarmos onde estamos. Aceitar onde estou nem sempre é fácil e tornou-se mais difícil depois dos 40. Porque – “Hello! Tenho 40, não devia já ter chegado ao meu destino?” A minha vaga ideia do que queria que acontecesse na minha vida, acabou por não me trazer onde eu esperava estar neste momento. Também já nem sei se o que quero é o que é melhor para mim, para dizer a verdade, porque algumas coisas que queria percebi que não são mesmo o que quero. Noutro dia li que quando chegamos a uma certa idade e aqueles sonhos de termos isto e aquilo (a casa ideal, o carro e todas as coisas), não chegaram, talvez seja melhor começar a ver o que queremos MESMO. Porque talvez não seja isso. Não gostei muito dessa ideia, como se a partir de certa idade devesse desistir dos meus sonhos,…

Como Usar uma Camisola Laranja (+ Ideias para os Saldos)

Neste dia de Ano Novo usei uma camisola laranja que comprei nos saldos da Zara, e foi o meu conjunto favorito das festas. Usei com calças pretas, botas camel e uma mala camel. Aqui está a camisola: Camisola laranja Zara Comprei o tamanho médio porque já não havia o S, e também fica bem. A camisola é super quente e confortável por isso acho que vou comprar também em beje ;) Já há algum tempo que andava à procura de uma camisola laranja, porque descobri na minha app de estilo, que era uma peça que me apetecia comprar! Quando encontrei esta nos saldos nem pensei duas vezes ;) 3 Dicas para Usares uma Camisola Laranja Podes ver mais maneiras de usar uma camisola laranja nas fotos em baixo. Fica bem com imensas cores: ganga, beje, camel, preto, cinza – todos os tons neutros, claro ;) Fica gira com uma camisa…

Honra Quem És, as Tuas Vontades e Desejos

Hoje vinha-te falar de honrares quem és. Noutro dia falei com uma amiga que me disse esta ideia que adorei. Não sei porquê, sinto que é mais profundo honrarmos quem somos do que outras maneiras de cuidarmos de nós. Honrar significa conferir honras a, dar crédito ou merecimento. Mas também é mais do que isso, acho eu. É respeitarmo-nos, amarmo-nos, cuidarmos de nós. É darmo-nos importância. Muitas vezes sinto que faço exactamente o contrário. Muitas vezes deitamo-nos abaixo, em vez de nos puxarmos para cima. Em vez de nos darmos crédito ou merecimento por tudo o que fazemos todos os dias, por tudo o que alcançámos, por tudo o que somos, por todo o nosso esforço, fazemos exactamente o contrário: “Não fiz o suficiente, não sei o que ando a fazer ou não fiz nada de jeito” – são frases que já disse a mim própria várias vezes, ou às…