Ontem estava a ler um post de uma coach que sigo, sobre empatia e ser sensível demais.

E adorei porque me senti super compreendida. 

Eu também sofro do mesmo “problema” ;)

Se também te chamaram muito sensível quando eras pequena, se sentes que realmente és sensível, e se achas que isso é uma coisa má…. Isso não é verdade…. :)

Porque é uma coisa ótima!

Claro que também tem desvantagens e foi nessa descrição que me senti super compreendida quando li o outro post.

Por exemplo hoje vim aqui para a Padaria Portuguesa trabalhar. Adoro esta padaria Portuguesa porque costuma ter muito pouca gente e tem imensa luz e sol. Mas hoje comecei logo a ficar um bocado irritada porque estava a ABARROTAR de gente.

Têm umas mesinhas que são ótimas para trabalhar e só havia uma vazia (normalmente só está uma ocupada). E no único lugar vago em que me sentei, está um casal que ainda não parou de falar, ininterruptamente, desde que aqui cheguei. Portanto há 1 hora!!!!

Não tenho nada contra as pessoas falarem uma hora, claro, às vezes sou eu que estou a falar uma hora seguida sem parar com alguém… e mais :) Mas se também és sensível, compreendes o que estou a dizer.

É que às vezes precisamos de calma e sossego e estar num sitio sem barulho e sem milhentas pessoas.

Às vezes isto não cai muito bem, na sociedade em que se valoriza ser muito extrovertido, adorar estar com muitas pessoas, etc. 

Eu também adoro estar com pessoas, mas também preciso muito do meu próprio tempo. E de tempo passado em sítios calmos, com pouco barulho e de preferência, na natureza ou com vista para um jardim ou para o mar. Preciso de me sentir calma e de estar em sítios calmos.

De maneira que agora tenho os meus fones e tenho a música bem alta para não ouvir todas as conversas à minha volta. Nada como começar a manhã a escrever o meu post, com calma e sossego ;)

Mas o que te queria dizer é que ser sensível tem também muitas vantagens. Até é bom veres isso como o teu super poder.

Porque faz também com que sejas mais intuitiva e consigas perceber intuitivamente o que se está a passar à tua volta mesmo que as pessoas não digam. E também te ajuda a perceber e sentir o que as outras pessoas estão a sentir e então saberes donde é que elas vêm. 

Ajuda muito com os meus filhos por exemplo. Acho que ajuda a ter uma relação boa com eles porque consigo compreender profundamente o que se passa com eles. Porque consigo sentir exatamente o que eles estão a sentir, em certos momentos. 

Ser sensível também é ótimo porque quer dizer que és uma pessoa que não é indiferente ao sofrimento dos outros, ao que se passa à tua volta, porque consegues senti-lo.

Também quer dizer que te deves proteger de situações muito negativas. Porque isso pode trazer-te para baixo muito facilmente. 

Uma coisa que ajuda quando estás a sentir energia negativa À tua volta é imaginares que há uma bola dourada À tua volta, de luz, que te protege. Outra é simplesmente ires-te embora.

Mas continuando, não é bem melhor ser uma pessoa sensível do que uma pessoa insensível, que não quer saber dos sentimentos dos outros?

Eu diria que sim!!!

Outra coisa de ser sensível tem a ver com ansiedade.

Porque muitas das pessoas que são sensíveis, também ficam ansiosas mais rapidamente. Por isso também é bom protegeres-te de situações que te façam sentir ansiosa, como por exemplo andar a correr de um lado para o outro porque estás atrasada. Agora tenho uma regra de me preparar com 30 minutos de antecedência para qualquer lado e de preferência tentar chegar 10 a 15 minutos mais cedo. Chego muito mais calma e feliz em vez de ansiosa e desesperada ;)

Por isso essa é a mensagem: Começa a ver a tua sensibilidade como o teu super poder, que te torna especial. E protege-te do que não te faz sentir bem.

Aqui estão então 6 Maneiras de Te Amares (e à Tua Sensibilidade)

  1. Não te stresses com coisas que são completamente evitáveis: exemplo – correrias de última hora
  2. Guarda sempre algum tempo para ti, para recuperares energia com atividades que gostas de fazer (exercício, andar na natureza, passar tempo ao pé de água ou árvores)
  3. Escolhe sítios calmos para passar mais tempo
  4. Se estiveres num ambiente negativo e podes sair, sai. Se não poderes, imagina uma bola de luz à tua volta, que te protege. A minha é amarela/dourada.
  5. Não te culpes por precisares de tempo para ti e para recarregar baterias :)
  6. Começa a ver a tua sensibilidade como o teu super poder e a ver todas as vantagens de ser sensível!

Beijinhos,

Lena*

P.S. Gostaste deste post? Então partilha-o nos botões em baixo :)

P.P.S Uma ótima maneira de reduzir a ansiedade é meditar. E também de te sentires mais calma, clara e centrada.

Queres aprender mais sobre meditação e até fazer um desafio de 7 dias para aprenderes a meditar? E aprender como meditar para manifestares o que desejas? (Já agora juntamos o útil ao agradável)?

Tenho um novo desafio gratuito chamado “Meditar para Manifestar os Teus Desejos”.

Clica aqui para entrares agora!!! 

 

Capítulo Gratuito

Unnamed

Recebe o capítulo gratuito "10 Regras de Styling para Criar Conjuntos Espetaculares" do meu e-book de estilo

Powered by ConvertKit
Author

Write A Comment