Como é que pode ser fácil?

Esta foi a pergunta que uma coach com quem trabalhei, me perguntou. Provavelmente depois de eu ter passado uma hora a dizer como a minha vida era difícil.

Na primeira call de um programa de mastermind que fiz há uns tempos atrás, a minha coach disse-me uma das frases mais importantes de todo o programa (que durou um ano): Como é que pode ser fácil?

Acho que nunca me tinha feito essa pergunta: Como é que pode ser fácil?

Já me repeti muitas vezes ;) mas aquele momento foi de breakthrough para mim.

Porque foi quando percebi que na minha vida, fazia com que muitas coisas fossem mais difíceis do que era preciso (e às vezes ainda faço).

Quando passo a vida a dizer que isto é tão complicado, difícil, não consigo e etc.. .o que achas que vai acontecer? Vou criar mais disso claro.

E era assim que estava a criar a minha vida – uma vida difícil e complicada em que estavam sempre a acontecer coisas que complicavam mais (ou assim parecia).

Vou-te dar um exemplo de como eu fazia (e faço mas já estou mais atenta) as coisas mais difíceis quando elas podiam ser fáceis…

Estive à procura de uma casa em Lisboa mas a verdade é que quando aparecia uma oportunidade de comprar uma que era bastante interessante (e isso aconteceu duas vezes), e chegava a altura de dar a resposta definitiva, não conseguia dizer que sim.

Ficava numa confusão enorme mas a confusão era criada por mim.

Na realidade não havia nenhuma confusão, era eu que estava a complicar a situação de estar em Alcochete, que não é tão complicada assim. Mas com a minha maneira de pensar estava a torná-la super complicada.

Porque passava o tempo a reclamar e a ver todas as coisas negativas de estar em Alcochete sem ver a vantagem maior de todas: Ter uma casa muito boa, com quase tudo o que quero, a 20 minutos de Lisboa.

E assim, quando chegava a oportunidade de ficar em Lisboa numa casa bastante boa, não conseguia avançar. Porque não queria sair do conforto da casa que temos em Alcochete.

É que eu adoro moradias, adoro ter um jardim e um espaço exterior grande e também muito espaço dentro de casa. E imenso sol, vista, etc. :)

Mas então como é que estava a fazer difíceis coisas que podiam ser fáceis?

Aqui estão alguns exemplos:

  • Reclamava que a viagem para a escola era muito comprida sem ver que o transito maior é quando entramos em Lisboa e isso ia ser igual estivesse onde estivesse. Solução: passei a ouvir podcasts, aproveito imenso o tempo, gosto mais da viagem. E há muitas outras soluções que posso fazer como ficar na Expo a trabalhar em vez de ir para mais longe, etc. Nada disso estava disponível enquanto reclamava.
  • Reclamava que não podia vir para casa mais cedo sem ver que primeiro, claro que posso vir para casa mais cedo e tenho soluções para isso e segundo, que nem sequer quero vir para casa mais cedo porque quando chego a casa só me dá vontade de comer e não fazer mais nada.
  • Reclamava que os miúdos querem sair em Lisboa sem ver que eles têm transportes públicos e já os podem usar.
  • Etc.

Ou seja, estava a tornar a minha vida mais difícil, só por estar a olhar para as coisas difíceis em vez de ver:

  1. O que é que é fácil
  2. Como é que isto pode ser fácil?

Em qualquer situação, podes ver o negativo ou positivo. O que é difícil ou o que é fácil.

O que é que vais escolher?

Vai por mim, é melhor escolheres ver o que é fácil ;) E assim toda a tua vida fica muito melhor.

Podia ter decidido complicar a minha vida e ir morar para Lisboa para uma casa que não era o que eu queria. E continuar a ter quase todos os problemas que tenho à mesma mais não ter uma casa que adoro.

Mas escolhi antes ficar numa casa que adoro (por enquanto pelo menos, daqui a uns tempos logo se vê ;)) e começar a encontrar maneiras de contornar os problemas.

Eu sei que a minha vida se tornou muito mais fácil mal tomei esta decisão.

E tu?

Como é que pode ser fácil para ti?

Partilha nos comentários ou envia-me um email!!!

Beijinhos,
Lena*

P.S. Já estás no desafio de meditação para manifestar?

Estamos quase a começar – é já nesta segunda-feira dia 3 de Dezembro!

  • Se gostavas de ter uma prática de meditar.
  • Se te queres sentir menos ansiosa.
  • Se queres arranjar soluções para os teus “problemas” (ou oportunidades de crescimento ;))
  • Se queres ser mais guiada pela tua inspiração
  • Se queres ter ideias e inspiração todos os dias
  • Se queres ver como é que é viver através da tua versão 2.0 (que já tem tudo o que desejas)
  • Se queres saber como usar a meditação para manifestares os teus desejos…

Então entra no desafio aqui.

Mal posso esperar!!!

xxxx

Capítulo Gratuito

Unnamed

Recebe o capítulo gratuito "10 Regras de Styling para Criar Conjuntos Espetaculares" do meu e-book de estilo

Powered by ConvertKit
Author

Write A Comment