Hoje estava a pensar sobre essa frase: Deus escreve certo por linhas tortas.

Quando estava a escolher a minha carreira, decidi ser arquiteta. E agora sei que é fácil para mim. Remodelei casas e sei que sou boa nisso e adoro.

Mas não era para ser, pelo menos na altura. Tirei antes um curso de engenharia informática, como o meu pai queria.

E pensei que era bom para mim também. Rapidamente percebi que não era assim tão bom, mas também decidi fazer o curso até ao fim. Não queria ser uma desistente. Queria ter a certeza que não ia desistir de todos os cursos, como vi algumas pessoas a fazerem.

Trabalhei seis anos numa empresa mas depois decidi ficar em casa com os meus três filhos. Quando o meu filho mais novo tinha 3 anos, tive a oportunidade de criar uma empresa de consultoria de imagem com 3 amigas. Como adorava moda, decidi entrar também.

Foram tempos muito bons e também desafiadores. Aprendi muito. Continuo a aprender ;). Mas depois decidi continuar sozinha com a minha empresa. Tinha começado um blog porque havia tanta coisa para partilhar e sempre gostei de escrever. E depois criei um novo blog para o meu novo negócio on-line.

O que preciso fazer neste negócio? Senti que era ótimo para mim, porque posso escrever, ensinar, fazer coaching e desenvolvimento pessoal, tudo coisas que adoro fazer. A tecnologia é fácil para mim. Então, o que pode ser melhor? Trabalho onde quero, sou a minha chefe, faço o meu horário.

Estas três últimas coisas criam tantos desafios quanto liberdade, pelo menos no começo ;) Mas estou a criar uma coisa minha.

E sempre tive esta dúvida: devia ter sido arquiteta? Será que isto é o certo para mim?

Noutro dia fiz o teste de personalidade Myers-Briggs e sou INFP que significa: Introversão, Intuição, Sentir, Percepção.

E as carreiras que são boas para esse tipo de personalidade incluem: escritor, coach, professor, designer de moda.

Não é interessante?

Embora tivesse pensado ser arquitetura, não o fiz. Embora tenha decidido ser engenheira de computadores, parei depois de alguns anos.

E então as oportunidades começaram a aparecer e guiar-me: ser consultora de imagem, criar um negócio on-line, escrever, ensinar e ser coach. Investir no auto-desenvovimento. Tudo coisas que adoro.

Então estava a pensar sobre isso hoje. Como é interessante que, apesar de continuar a pensar que podia estar no caminho errado, estava realmente no caminho certo.

Que todas as coisas que estavam erradas para mim, ficaram para trás.

Que o que era para mim, me encontrou rapidamente!

E para ti?

Estás a fazer o que é certo para ti?

Seguiste o que a vida te mostrou e disse?

Será que estás exatamente onde devias estar, agora?

Beijinhos,
Lena*

P.S. Queres mais dicas para mudares a tua vida e criares os teus sonhos? Então vais adorar o novo grupo de facebook, Feeling Alive. Junta-te a nós aqui: https://www.facebook.com/groups/1059889374344799/

Capítulo Gratuito

Recebe o capítulo gratuito "10 Regras de Styling para Criar Conjuntos Espetaculares" do meu e-book de estilo

Powered by ConvertKit

Write A Comment