Quando estás num estado sem poder, quando tudo parece estar a desabar…

Consegues ganhar essa distância e ser o observador?

Consegues parar de te identificar com o ego, com a voz dentro de ti que te diz cenas… e apenas observar o que ela te está a dizer?

O problema é quando concordamos, quando nos identificamos com o ego e começamos a acreditar em tudo o que ele diz.

E o problema também é que o ego diz tudo o que quiser para te manter pequena, para te manter onde estás e onde sempre estiveste.

E depois, talvez estejas no caminho certo para alcançar algum objetivo. Talvez queiras mudar o teu estilo, a tua saúde ou a tua vida amorosa.

E talvez te tenhas esforçado muito porque é assim que vês as coisas no mundo exterior. As coisas são difíceis. As pessoas têm que lutar pelo que querem.

Mas agora ficou mais fácil. Já estás a tentar há algum tmepo e começa a ficar mais fácil.

Talvez tenhas aprendido sobre o teu estilo e agora consegues fazer alguns conjuntos giros. Talvez tenhas aprendido uma nova ferramenta sobre relacionamentos e te estejas a sentir outra vez apaixonada.

Seja o que for, não te sentes bem. É estranho. Não é como deveria ser.

E então o teu ego começa a entrar em pânico … isto não está certo, isto é perigoso, tenho que fazer alguma coisa.

E desta vez chega, mas traz todo o exército consigo.

Tem avalanches de coisas para te contar ;). Todas as razões pelas quais o teu parceiro não presta, tu não prestas, nada está a funcionar. Está-te a mostrar que estás a gastar muito com roupa, o estilo não importa, por que estás a ser tão superficial?

E continua sem parar!

E nesses momentos, podes voltar a ser o observador?

Separar-te completamente do teu ego, de todas as histórias, de todas as coisas e apenas observar. Como um antropólogo a aprender alguns hábitos do ego:

“Bem, agora aqui está o ego. Está a dizer que eu sou péssima. Está a dizer que nunca vou acertar com isto do estilo. Está a dizer que não posso ter o que quero, que não é para mim, que não mereço.

Se estás a observar o ego e a estudá-lo, talvez tirando algumas notas? ;)… então não és o ego. Você é o observador. É quem és realmente.

O observador está em paz, só está interessado em aprender mais sobre o ego. E o que tem estado a dizer, todo este tempo.

Então aqui estão 2 coisas que podes fazer, para ser o observador:

  1. Meditar – isso ajuda-te a ser mais consciente
  2. Quando as coisas começam a ficar loucas à tua volta ;) dá um passo atrás e observa o ego. Ou olha para ti de cima e observa desse ponto de vista. Passa a ser o observador, fica em paz e deixa as histórias irem e virem. São só histórias. Não de definem.

E ficas bem outra vez.

Beijinhos,
Lena

P.S. Soul Led Life. É isso que queres?

Ser conduzida pelo teu higher self, em vez do teu ego?

Então envia uma mensagem ou e-mail para lena@lenapenteado.com e digo-te mais sobre esta membership.

xoxox

Photo: Maya Gypsy

Calma & Com Poder

Recebe o workshop gratuito Calma & Com Poder: De Medo para Poder. Vê como usar emoções poderosas a teu favor, e transforma a tua vida.

Powered by ConvertKit

Write A Comment