Hoje queria-te falar de alinhamento e como percebi que tenho estado fora dele, nos últimos meses!

É que às vezes a vida traz-nos experiências, em que paramos um pouco para olhar à volta, ganhamos perspetiva e pensamos:

Mas o que é que eu tenho andado a fazer?

Já te aconteceu? Experiências que são tão grandes ou que simplesmente nos mostram, de uma maneira tão CLARA que estamos no caminho errado?

Ontem tive uma dessas experiências.

Joguei um jogo com os meus filhos.

Fiz um quadro com as coisas que quero fazer este ano, e uma delas é jogar um jogo com eles todas as semanas.

Acreditas que no ano passado, tinha exatamente o mesmo objetivo e jogámos um jogo juntos talvez uma ou duas vezes?

Como normalmente acho que está tudo bem com a relação entre os meus filhos e eu, esse objetivo ficou para o fim da lista, das minhas prioridades do ano.

E como estava a lançar o coaching que aprendi o ano passado, dediquei-me muito ao negócio.

Mas ontem, não só por causa do jogo mas porque percebi como tenho estado enfiada nos meus objetivos e a não ver mais nada à volta…

E porque percebi que isso está a prejudicar os meus filhos e a dar-lhes um exemplo que sinceramente, não é dos melhores…

Vi que a produtividade também tem os seus problemas.

E é quando começas a ser tão produtiva que tens que ter muito cuidado com o que decides fazer, quando e como, para não seres consumida pelas tuas decisões.

Eu tinha objetivos para todas as áreas da minha vida, mas esqueci-me de verificar se todos os dias, ou todas as semanas, estava a tratar de todos.

A semana passada escrevi um post em que dizia que a minha família está à frente, porque é o que para mim é mais importante, mais importante que o negócio claro…

Mas já te aconteceu saberes que uma coisa é importante para ti, mas depois continuas a agir como se não fosse? Sabes que as coisas não estão bem, todas as semanas reparas que não era assim que querias agir, mas mesmo assim, continuas.

Continuas para a frente como se não tivesses opção. Como se não podesses parar agora mesmo, e decidir que desta vez vai ser diferente.

Falar contigo própria ou escrever talvez, o que está errado na tua vida e o que é que vais fazer diferente. Onde é que te estás a enganar e onde é que estás a ser autêntica?

Eu tenho um objetivo de trabalhar poucas horas, mas acabo por me deixar levar pelas coisas que tenho para fazer. Pela to do list.

Mas cada vez mais acho que não quero saber da to do list. Para o caraças com a to do list ;)

Tenho que me focar no que gosto de fazer no meu negócio, e fazer isso no tempo que tiver para o meu negócio. E depois parar e viver a minha vida, estar com os meus filhos, aproveitar cada momento e fazer coisas que também gosto de fazer, mas pessoais.

Escrevi sobre isso no último post, no P.S. Podes ler aqui: https://www.lenapenteado.com/language/pt/2021/02/quando-a-resistencia-entra-e-varre-tudo-ultimo-dia-para-ccc-%f0%9f%92%a5/

Como para mim estão primeiro a família e saúde e depois, a liberdade.

Mas não tenho sido assim tão livre, se pensar nisso. Continuei presa às obrigações, ao que eu penso que tenho que fazer para ter sucesso. Para ter um negócio que funciona.

Apesar de saber que não é preciso trabalhar imensas horas porque há pessoas que não o fazem, e têm sucesso. As minhas desculpas eram: Mas tenho que aprender ainda muitas coisas (todos os dias tenho cursos para fazer), só mais isto, porque TENHO que fazer (não não tenho). E coisas do género…

E se não tiveres que fazer nada que não QUEIRAS fazer, para ter sucesso?

Não é isso que é ter sucesso nos teus próprios termos? E como é que posso dizer que é isso que estou a ensinar, se não é isso que estou a criar?

Porque se tens ações inspiradas, do teu higher self, são coisas que queres fazer, que vêm da tua alma. Que te vão expandir e ajudar a crescer. E que vão ser um desafio bom!

Mas a missiva já vai longa. São 4h20 da manhã agora.

Ontem aconteceu outra coisa que me fez repensar tudo…

O meu marido começou a espirrar e pensou que estava constipado. Eu também me pareceu que estava com o nariz entupido. Comecei a pensar que talvez tivessemos Covid. E se tudo não corresse bem?

Afinal acho que foram são as alergias dele, eu também acho que já estou boa. Mas ontem à noite estava outra vez a pensar… e se?

O que é que andei a fazer?

Apesar de sentir, todos os dias, que estava a exagerar? Que precisava de abrandar?

E agora, será que vou escrever este post, e não mudar nada? Será que tudo vai ficar na mesma, porque passou o susto?

Ou que vou pegar no que aprendi, e usar para ter uma vida melhor? Para dar aos meus filhos o tempo que eles, e eu, precisamos juntos?

Será que vou continuar a usar a desculpa que são adolescentes e não querem estar com os pais, para continuar a ignorar o que está tão claro… basta ver com olhos de ver?

Isto tudo para te dizer que talvez na tua vida, também haja alguma coisa que sabes que não está bem. Que não está ideal. Que é preciso mudar. Mas continuas presa no dia-a-dia, nos hábitos que costumas seguir, nas coisas que achas que PRECISAS atingir.

Eu acho que preciso ter sucesso para ser feliz, para ser aceite, para tudo estar bem… ou o meu ego acha, claro ;)

Mas o que é sucesso para mim?

Não é mais olhar para trás e pensar que vivi a vida como eu queria? Como eu decidi? Há minha maneira?

Isto está-me a fazer lembrar a música do Frank Sinatra – My way ahahah

Por falar nisso vou ouvi-la e por aqui o link: https://open.spotify.com/track/3spdoTYpuCpmq19tuD0bOe?si=kfl3QHRsQjO6RDKuVuxEeg

E é isto, espero ter-te ajudado de alguma maneira. Obrigada por leres os meus posts.

Isto foi mais um desabafo mas acho que também te pode ajudar, porque me senti inspirada para escrever.

Beijinhos,
Lena*

P.S. O que achas de por no P.S. as maneiras que tens para trabalhar comigo? Ajuda, ou nem por isso?

A semana passada acabei o lançamento do programa CCC: Cria uma Vida Épica. Mas decidi depois terminar antes hoje, porque ainda me faltava fazer algumas coisas do lançamento ;)

Se queres transformar a tua vida numa ou mais áreas, este é o programa que te vai ajudar nisso. Com o meu apoio claro!

E também te queria falar sobre investires em ti. Pores-te em primeiro lugar!

No ano passado, fiz o meu curso de Jungian life coach, que custou $10k. Antes de decidir que o ia fazer, estava super stressada. Não conseguia pensar em mais nada.

Tive que tomar uma decisão, mas decidir gastar esse dinheiro comigo e com o meu negócio foi uma das decisões mais difíceis que já tomei. Estava ansiosa o dia todo, enquanto não decidi!

Mas eu sabia que era isso que queria fazer, sabia como podia mudar a minha vida, por isso fui em frente.

E sem sombra de dúvida, foi o curso que mais mudou a minha vida, e isso também quer dizer que agora posso ensinar os mesmos métodos a outras pessoas, para que possam mudar as suas vidas.

Muitas coisas mudaram para mim ao fazer este curso, e para a minha família também.

E uma das coisas mais importantes é que agora me sinto ligada a algo maior do que eu. Sei o meu propósito e sinto que estou no caminho certo. E sei que posso fazer tudo o que quiser.

Estou a dizer-te isto para poderes ver o valor de investir em ti própria e trabalhar em ti própria. Porque nada muda, até nós mudarmos. E o maior investimento que podemos fazer é em nós próprias, no nosso conhecimento, em ferramentas para a vida.

O programa Clareza, Confiança, Compromisso: Cria uma Vida Épica pode mudar a tua vida, porque muda a forma como tu te vês, como vês os outros, muda o próprio mundo em que vives.

Já investiste num programa de coaching antes?

O que é que te está a impedir de investir no CCC: Cria uma Vida Épica?

Diz-me as tuas dúvidas ou começa agora. Envia uma mensagem para lena@lenapenteado.com ou na minha conta de Instagram:

http://www.instagram.com/lenapenteado

Ou grupo de facebook:
https://www.facebook.com/groups/soulledlifestyle

xxx

Calma & Com Poder

Recebe o workshop gratuito Calma & Com Poder: Do Medo para Poder. Para poderes alcançar os teus objetivos mais facilmente.

Powered by ConvertKit
Author

Write A Comment