Hoje queria-te perguntar: estás a acomodar-te ao que tens?

Se calhar fazes o que eu também costumava fazer… (e ainda faço às vezes…)

Reclamar que as coisas estão bem, que não quero viver assim, que preciso de mais disto e menos daquilo…

Por exemplo:
Preciso de um forno novo, tenho que arranjar as bicicletas, preciso de mais tempo para fazer o que gosto, quero passar mais tempo com os meus filhos….

Mas depois… acomodas-te…

Ah, sim, isso, preciso de ganhar mais dinheiro, era bom e tal. Não está a funcionar, mas… é mesmo assim, é difícil mudar, é mais fácil continuar aqui onde estou, é confortável, já aqui estou…

Ah sim, quero ter mais clientes mas como é que vou fazer isso? Já estou a tentar, tenho as minhas rotinas, sabes como é… vou continuar, um dia vai funcionar…

Mas estás mesmo a ver as coisas, a ver o que mudar, a tomar decisões difíceis (ou fáceis), a refletir sobre as coisas, ou estás só a seguir o usual, o costume, à espera que com o tempo, as coisas mudem por si próprias?

Estou-te a escrever isto porque também me costumava acomodar. Acomodar mesmo às coisas que eram claramente insuficientes, mediocres, sem sentido.

Mas um dia tens que bater na mesa e dizer ou gritar: NÃO.
NÃO VOU TER MAIS ISTO. NÃO VAI SER MAIS ASSIM. AS COISAS VÃO MUDAR E VÃO MUDAR JÁ.

E talvez não aconteça nada à primeira vez, ou nem reparas que aconteceu, mas as coisas começam a mudar. E se calhar ainda tens que bater na mesa mais uma ou duas vezes. E exigir ao mundo, às pessoas que te rodeiam, a ti própria, aquilo que tu queres e precisas e mereces!

E saber que vai ser agora porque já não toleras o mesmo nem um segundo. Já chega, TEM que mudar.

E talvez, recebas um livro, num curso que estás a fazer, e esse livro muda tudo. Ou talvez entres num curso novo que te mostra uma peça do puzzle que precisavas de saber. Ou talvez tenhas uma sessão com o teu coach, em que uma coisa que teoricamente “já sabias”, faz sentido finalmente.

E estas coisas juntam-se e começas a ver a luz no fim do túnel. Começas a ver as coisas a mudar à tua frente, de repente. Rápido, muito mais do que pensavas ser possível. E as coisas são mais claras. E os teus sonhos também te dizem, que caminho seguir.

E porquê?

Porque resolveste não te acomodar mais. Porque resolveste que JÁ CHEGA. Porque puseste de lado, o não te sentires suficiente. E pensaste e sentiste que sim… também tens direito… a ser feliz. Seja isso o que for para ti!

Por isso hoje queria-te perguntar: Onde é que te estás a acomodar? Onde é que estás a tolerar o que sabes que claramente, não é suficiente? Onde é que aceitas o mediocre, vezes e vezes sem fim, e sabes que está na hora de dizer: Já chega?

E houve a primeira resposta que vier à tua mente, essa é a reposta certa.

E agora, o que vais fazer? O que é que decides, mesmo que pareça impossível? Qual é o teu maior sonho? É isso que é para ti, é isso que mereces, e é isso que podes começar a criar apartir de hoje, agora mesmo.

E se em vez de te acomodares, exigires aquilo que sabes que é para ti, e não descansares enquanto não chegares lá?

Beijinhos,
Lena*

Calma & Com Poder

Recebe o workshop gratuito Calma & Com Poder: Do Medo para Poder. Para poderes alcançar os teus objetivos mais facilmente.

Powered by ConvertKit
Author

Write A Comment