COMO NÃO TERES LIMITES

Hoje vinha-te falar do teu ponto de vista!

É a diferença entre sentires que estás num mundo abundante, que cuida de ti, entre SABERES isso, ou veres as coisas de um ponto de vista menor.

Entre veres a beleza das coisas e te sentires grata por tudo, ou reclamares, achares que nunca tens o suficiente, focares-te na falta…

Como é que queres viver em 2022?

Quem é que vais escolher SER?

Porque no final, é a tua escolha. Se souberes com o que trabalhar, se começares a estar mais consciente, se começares a observar os teus pensamentos em vez de seres engolida por eles…

Vais entrar num outro mundo! No mundo, na realidade de ver a verdade, em vez da realidade em que te colocaste aos poucos, sem saberes que o estavas a fazer.

Não gostavas de ser realmente livre e de não pensar que para ti, é diferente? Que tu não és suficiente para teres o que realmente queres. Para viveres uma vida feliz e com um propósito que é teu. Que tem significado para ti.

Acho que quando eras criança, e achavas que tudo era possível para ti, não era a vida que vives agora, que imaginaste. Sei, porque na tentativa de te adaptares ao mundo e ao interpretares as coisas “que te acontecem” como vítima das circunstâncias, vais ficando cada vez mais pequena. Cada vez mais o ego, cada vez menos o teu higher self.

Se calhar ainda tens ideias, tens sonhos, mas o entusiasmo e a esperança vão-se perdendo. E para 2022 queria que tivesses outra vez a capacidade de sonhar. De sonhar em grande. De veres um mundo bom, abundante, em crescimento e que está sempre a ficar melhor. E de te veres como parte integrante desse mundo e que tem também tudo de bom.

Então era essa mensagem que te queria dar!

O que querias ser quando eras pequena? Como podes juntar isso à tua vida agora?

Eu queria ser astronauta, queria ser bailarina, queria ser ginasta olímpica, queria ser mãe, modelo, queria escrever um livro de auto-ajuda, mais tarde escritora, arquiteta, designer de moda, decoradora, realizadora de cinema, atriz, jardineira, … psicóloga, coach.

E tu, ainda te lembras? Quem admiravas quando eras pequena? Quem é que te inspirava e pensavas – gostava de conseguir fazer isto!

Vai de pista em pista, descobre mais sobre ti. E depois podes juntar essas coisas à tua vida, através da tua profissão, ou não.

Mas liga mais a essa parte de ti que era livre, que pensava que podia fazer tudo o que quisesse, que não tinha limites. Porque essa é quem realmente és!

Beijinhos e Bom Ano!
Lena

Encontra o Teu Propósito

Recebe a visualização gratuita e descobre:

o que te está a impedir de encontrares o teu propósito + o que realmente desejas + o teu próximo passo

Powered by ConvertKit

Add A Comment

you MUST enable javascript to be able to comment